Notícias
01/06/2020 - Educação e Cultura
Professora Cristiane Schwantes assume a Secretaria de Educação de Minas do Leão

A partir desta segunda-feira, 1, a secretaria de Educação e Cultura de Minas do Leão volta a ser comandada pela professora Cristiane Schwantes. A mudança ocorre em função da saída da professora Sílvia Lasek por conta do período eleitoral. Cristiane ocupou o cargo de secretária de Educação de 2013 a 2017 e vinha atuando como supervisora pedagógica da secretaria.

O principal desafio da SMEC neste momento é a sequência das aulas pelo sistema EducarWeb enquanto as atividades presenciais não retornarem nas escolas. Até agora, 67% dos alunos da rede municipal de ensino estão conseguindo acessar o sistema e executar as tarefas. Os demais estão recebendo as tarefas de maneira presencial, seja retirando na escola ou com motorista entregando nas residências para quem reside a mais de 2 km da escola. A SMEC e as escolas também estão dando apoio aos alunos com necessidades especiais.

Em sua saída, a professora Sílvia agradeceu ao prefeito Miguel Almeida pela confiança e as equipes da SMEC e das escolas pelo apoio durante sua gestão, desde 2018. “Fica meu agradecimento às diretoras, vices, professores, pais, mães, alunos, motoristas, merendeiras, serventes, ao setor de tecnologia da informação e a todo o pessoal de apoio que faz a nossa educação andar e avançar a cada dia”, destacou Sílvia.

A professora Cristiane ressalta que não haverá uma mudança na linha de gestão da secretaria e que a pasta continuará buscando todas as alternativas necessárias e possíveis para contornar o ensino durante a pandemia. “Nosso trabalho não vai parar. Temos atuado diariamente junto aos professores, pais e alunos para viabilizarmos as atividades neste momento. Seguiremos assim e espero que sigamos contando com o apoio de todos”, frisou a nova secretária.

O prefeito Miguel Almeida agradeceu à ex-secretária Sílvia pelo trabalho desenvolvido e fez referência ao trabalho que a SMEC está desenvolvido durante a pandemia. “O município implantou um sistema piloto de ensino a distância, viu as melhorias que precisavam ser feitas, identificou alunos sem acesso à internet, criou mecanismos para que esses pudessem ter acesso às atividades... Enfim, um trabalho árduo, delicado e importante que certamente terá sequência”, comentou o prefeito.

Leia Também
veja mais notícias