Notícias
27/05/2020 - Gabinete do Prefeito
Região Carbonífera pede apoio ao Hospital de São Jerônimo em reunião com secretária da Saúde

Principal demanda da Região Carbonífera, a criação de leitos de terapia intensiva e de isolamento no Hospital de Caridade São Jerônimo foi reforçada esta terça-feira (26), em reunião de prefeitos com a secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann. O encontro contou com a participação do presidente da Assembleia Legislativa, Ernani Polo, que teve audiência com os gestores municipais na última semana e mediou a videoconferência.

Presidente da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Asmurc), o prefeito de Minas do Leão, Miguel Almeida, destacou que, hoje, a emergência da instituição está lotada — e que casos mais graves precisam ser transferidos para Porto Alegre. "No momento que essas UTIs começarem a funcionar, a região ficará mais bem atendida e poderá desafogar a capital. Mas não temos capacidade de fazer isso sozinhos", ressaltou Miguel.

O hospital, referência para nove cidades da região, pede R$ 4,2 milhões para a instalação de dez leitos de UTI e 40 de isolamento, para dar conta do atendimento à pandemia. "Esse é nosso maior anseio no momento. Foi uma frustração não sermos contemplados pela portaria do Ministério da Saúde", destacou o prefeito Evandro Heberle, de São Jerônimo, citando a Portaria 1.280, que habilitou leitos de terapia intensiva para o Rio Grande do Sul.

"Temos 150 mil habitantes, mas não temos UTI. Seria importante que o Governo do Estado olhasse com atenção para nossa região. Esses leitos ficariam como um legado para nossas cidades", reforçou Helton Barreto, prefeito de General Câmara. O secretário de saúde de São Jerônimo, Ederson Pizzio, também lembrou da necessidade de discutir em conjunto o custeio dessas unidades.

Secretária garante apoio

Em resposta aos prefeitos, a secretária elogiou o trabalho que tem sido feito na região para diminuir a velocidade de transmissão do vírus. Arita anunciou que, esta semana, será aberto um pregão para aquisição de equipamentos para 230 leitos de UTI no Estado. "Dez desses leitos irão para o hospital de São Jerônimo. Não temos dúvida de que são estratégicos e uma prioridade", afirmou.

A secretária disse ainda que está em tramitação a liberação de recursos de emendas parlamentares para o hospital. São R$ 221,5 mil destinados pelo deputado federal Pedro Westphalen (PP), R$ 300 mil de Giovani Cherini (PL), R$ 70 mil de Marcon (PT), R$ 100 mil de Maria do Rosário (PT) e R$ 177,2 mil de Marlon Santos (PDT). Há ainda R$ 397 mil em verbas extraordinárias destinadas a hospitais filantrópicos. Presente no encontro, Westphalen afirmou que está "à disposição para fazer o que for possível para que a região tenha suas demandas atendidas".

O prefeito Miguel Almeida avaliou a reunião como positiva. "Agradecemos ao Governo do Estado pela disposição em contribuir com os leitos. Agora, esperamos que haja celeridade na liberação desses recursos. Estamos prontos para ajudar no que for necessário neste momento de dificuldade", concluiu o gestor de Minas do Leão.

A reunião teve ainda as presenças de Daniel Pereira de Almeida, prefeito de Butiá; Murilo Silva, prefeito de Triunfo; Simon Heberle, prefeito de Charqueadas; e Ane Nantal, coordenadora adjunta da 2ª Coordenadoria Regional de Saúde.

Leia Também
veja mais notícias