Notícias
09/04/2020 - Assistência Social
Município inicia a entrega de cestas básicas e kits de limpeza com máscara e álcool em gel

A administração municipal de Minas do Leão iniciou nesta quarta-feira, 8, a distribuição de cestas básicas e kits de higiene, com álcool em gel, a moradores do município. A distribuição ocorreu em duas frentes, uma na Secretaria de Assistência Social, no Centro, e outra no CRAS, no bairro São José.

Todas os beneficiários receberam contato prévio da secretaria para o agendamento de horário para a retirada dos itens. A medida, segundo a secretária Kellen Ambos, buscou evitar qualquer aglomeração. No primeiro dia de entregas, foram beneficiados trabalhadores informais do município que acabaram ficando sem qualquer função remunerada desde o início da crise do Coronavírus.

Já nesta quinta-feira, as cestas básicas e kits de higiene e limpeza estão sendo entregues a beneficiários do Bolsa Família e também a famílias que habitualmente já recebem a cesta, por serem consideradas de vulnerabilidade social. Durante a entrega, cada pessoa fez a higienização das suas mãos e recebeu uma máscara, produzida pela equipe do curso de Corte e Costura da prefeitura. Outra parte das máscaras confeccionadas também já foi entregue à população, inclusive para quem estava na fila da lotérica nesta quarta-feira. Na semana que vem uma quantidade maior de máscaras será entregue aos cidadãos.

De acordo com o prefeito Miguel Almeida, a administração fez um grande esforço para comprar e receber rapidamente as cestas básicas e kits de higiene e limpeza e vê como um grande acréscimo o álcool em gel e as máscaras como componentes. “Todas as famílias precisam do alimento e essa era nossa maior preocupação. Mas junto a isso precisamos dar suporte às famílias mais pobres para que tenham condições de aplicaram todos os protocolos de limpeza que são solicitados neste momento de pandemia”, destacou o prefeito.

A prefeitura ampliou o número de cestas básicas que adquire todos os meses a fim de contemplar mais famílias neste momento, incluindo os trabalhadores informais que acabaram ficando sem renda. Na semana passada, 59 famílias receberam produtos da merenda escolar. Com as escolas fechadas, o município decidiu manter o recebimento dos mantimentos e montar sacolas para doar às famílias em maior vulnerabilidade.

Leia Também
veja mais notícias