Notícias
06/06/2019 - Gabinete do Prefeito
Prefeitos da Região Carbonífera pressionam pela duplicação BR-290

Comitiva teve audiência no Ministério da Infraestrutura para exigir destinação de recursos e retomada dos trabalhos


O presidente da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Asmurc), Miguel Almeida, liderou uma comitiva de prefeitos a Brasília para reivindicar a retomada da duplicação da BR-290. A principal audiência ocorreu, nesta quarta-feira (5), no Ministério da Infraestrutura, com o secretário executivo Marcelo Sampaio. De janeiro de 2018 a março deste ano, a Polícia Rodoviária Federal registrou 196 acidentes no trecho, sendo 24 com morte.


Sampaio enfatizou que cerca de seis mil obras estavam paralisadas no país no início do ano, e a prioridade do governo Bolsonaro é concluí-las o mais rápido possível. Sinalizou que a BR-290 está nesse grupo, mas carece de um aporte aproximado de R$ 700 milhões. Sensibilizar a bancada gaúcha no Congresso é a estratégia da Asmurc, que trabalha pelas destinações necessárias. 


Miguel Almeida adianta que agora é necessária mobilização política. “Nosso trabalho de engajamento, de líderes, partidos e apoiadores precisa ganhar força. A região necessita, de maneira urgente, da retomada da duplicação. É um clamor coletivo”, destacou o presidente da Asmurc e também prefeito de Minas do Leão. 


Força regional


Junto com Almeida, estiveram na capital federal os prefeitos de Arroio dos Ratos, Luciano Rocha; de General Câmara, Helton Barreto; e de Butiá, Daniel Almeida, além do vice-prefeito de Charqueadas, Edilon Lopes. O grupo entregou um documento com argumentos que comprovam a importância da obra paralisada há cinco anos, com dados sobre o perfil de tráfego e a situação da rodovia – que tem congestionamentos como rotina.  


A demanda foi apresentada também ao deputado federal Giovani Cherini (PL), coordenador da bancada gaúcha no Congresso, e ao senador Luis Carlos Heinze (Progressistas). Ambos ratificaram a necessidade de retomada das obras e destacaram a importância do trecho da BR-290. Cherini confirmou que a pauta entrará na próxima reunião da bancada. 
 

“Temos que resolver este problema o quanto antes. As concessões e parcerias público privadas ajudariam a acelerar o processo. A rodovia atravessa o estado da Fronteira a Capital. A demora nas obras de duplicação entre Eldorado e Pântano Grande está gerando muitos transtornos aos municípios da região carbonífera. Em Brasília estou trabalhando junto ao governo para dar celeridade a conclusão do trecho”, disse o senador Luis Carlos Heinze.


As lideranças da Região Carbonífera também discutiram a possibilidade de concessão da BR-290. O assunto será amadurecido regionalmente, com consulta a outras lideranças, mas a entidade se propõe a liderar o movimento. “A concessão a uma empresa privada é um dos caminhos que pode destravar as obras”, enfatiza o presidente da Asmurc.

Leia Também
10/07/2019 - Planejamento e Assuntos Jurídicos
Região Carbonífera terá Mapa Turístico
08/07/2019 - Assistência Social
Ação arrecadou agasalhos em Minas do Leão
veja mais notícias