Notícias
24/07/2018 - Educação e Cultura
Minas do Leão busca identificar crianças e adolescentes fora da escola

A Secretaria de Educação de Minas do Leão realizou uma reunião, nesta semana, com parte do quadro de professores da rede municipal de ensino e estagiários. O objetivo foi expor a necessidade que o município tem de mapear crianças que deveriam estar matriculadas na educação infantil ou ensino fundamental, a partir dos quatro anos de idade, mas que permanecem fora da escola. Esses professores e estagiários estão realizando o Míni Censo da educação leonense, que inclui visitas domiciliares de acompanhamento do aluno tendo em vista a importância de se alcançar a totalidade dos alunos.
 

 

 

 

A secretária de Educação, Sílvia Lasek, salientou que o objetivo é formar uma rede de colaboração para que a secretaria possa identificar alunos fora da escola e, assim, conhecendo suas carências e problemas, consiga reintegrá-los ao ambiente escolar. “Na semana passada fizemos uma reunião com pais e mães de alunos da EMEI Leãozinho Sabido e externamos as vagas que ainda temos em aberto e que podem ser ocupadas pela comunidade. O mesmo vale para as escolas de ensino fundamental. Nossa ideia, ao pedirmos a colaboração dos professores nesta identificação, é chegarmos mais rapidamente a essas crianças e adolescentes que estão fora da escola e entendermos os motivos”, comenta a secretária.



A frequência escolar é importante para uma série de medidas e programas, como o próprio Bolsa Família. Além disso, manter os filhos fora da escola é crime de abandono intelectual, previsto no Código Penal Brasileiro. Dúvidas ou informações podem ser obtidas com a Secretaria de Educação de Minas do Leão pelo telefone (51) 3694.1382, e-mail smec@minasdoleao.rs.gov.br ou na Rua Érico Valença, 65, ao lado do Campo do Atlético, de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Leia Também
26/09/2018 - Planejamento e Assuntos Jurídicos
Plano de Saneamento de Minas do Leão é certificado pela FUNASA
veja mais notícias