Notícias
11/10/2017 - Gabinete do Prefeito
Prefeito de Minas do Leão busca no Paraná reativação das operações de empresa no município

O prefeito de Minas do Leão, Miguel Almeida, esteve nesta segunda-feira, 9, reunido com a direção da empresa ScanCom, em Telêmaco Borba, Paraná, para discutir as possibilidades da retomada das operações da empresa, encerradas em janeiro deste ano. O encontro, que foi acompanhado pelo deputado João Fischer, faz parte de uma série de ações da Prefeitura para a atração de investimentos e geração de emprego através da ampliação e modernização do Distrito Industrial.

De acordo com o prefeito, por parte do município, há a possibilidade de incentivos através da redução de impostos e de melhor infraestrutura viária, e, pelo estado linhas de crédito para a compra de maquinário. “O encontro foi muito importante para apresentar o que temos a oferecer. Temos espaço disponível, mão de obra qualificada e matéria-prima em abundância. Expandir a atividade é de interesse de todos na região”, acrescentou o prefeito.

Na próxima semana, será enviada à empresa uma formalização das proposições por parte do município e do Estado. O deputado João Fischer buscará as alternativas junto à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia. "Somos parceiros de Minas do Leão nesta caminhada. Vamos fazer encaminhamentos junto ao Governo do Estado para agilizarmos algumas situações com vistas à retomada de empreendimentos no município e região", destacou o parlamentar.
 

Polo madeireiro 

O polo madeireiro é a área de maior empregabilidade em Minas do Leão e nas cidades vizinhas. No período de queda na exploração do carvão, foi a atividade que deu sustento à cidade.

Para tornar a região mais competitiva, Almeida esteve no Badesul apresentando projetos de viabilidade e discussão sobre possíveis financiamentos do banco para obras. Além da Scancom, a prefeitura negocia com outras duas empresas de fora da cidade e outras duas locais para o aumento da área de produção.

Em junho deste ano, uma nova serraria passou a operar numa estrutura já existente no distrito e para a qual a prefeitura deu toda a infraestrutura de maquinário para obras nos acessos ao local. Além disso, já tem tratativas adiantadas com a CMPC Celulose Riograndense para a aquisição de área da empresa que servirá para a ampliação da área industrial do município no sentido oeste, em direção a Pantano Grande. E com a própria Scancom a prefeitura encaminhou pedido para parceria na construção de uma estrada que dará maior acesso ao Distrito Industrial, principalmente após a conclusão das obras de duplicação da BR-290.

Em reunião na Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado, o prefeito também apresentou as possibilidades de reorganização e ampliação do Distrito Industrial na busca pela atração de novas empresas para ocuparem o espaço. O propósito da prefeitura é captar cerca de R$ 1 milhão para realizar as obras mais primordiais da área e depois, aos poucos, adaptar o restante. Os projetos serão encaminhados ao Badesul para estudo de viabilidade. 

 

Leia Também
veja mais notícias