Notícias
09/08/2017 - Saúde
Programa Cegonha no Ar, de Minas do Leão, é apresentado em congresso estadual

O programa Cegonha no Ar, desenvolvido há quatro anos pela prefeitura de Minas do Leão, foi um dos 30 selecionados para participar, na manhã desta quarta-feira, 9, da Mostra de Experiência Exitosas do SUS. O evento fez parte do Congresso Estadual de Secretarias Municipais de Saúde e foi realizado entre terça e quinta-feira no Centro de Eventos do Hotel Plaza São Rafael, em Porto Alegre.

A coordenadora do Centro de Apoio Cuidando Com Carinho, Kellen Ambos, foi a responsável por apresentar o projeto a outros gestores da saúde presentes ao evento. Acompanhada da secretária de Saúde, Melissa Wisniewski, e do prefeito Miguel Almeida, ela elencou os principais objetivos do Cegonha no Ar, que são atender as gestantes no período do pré-natal, orientar quanto as cuidados de higiene na gestação e após o parto, a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), cuidados com alimentação, vacinas, planejamento familiar, hora do parto, rodas de conversa e trocas de experiência, testes do olhinho, pezinho e orelhinha, entre outras questões.
 

Os encontros, no Centro de Apoio, acontecem a cada 15 dias, entre esse período, ocorrem visitas domiciliares às gestantes e encontros nas ESFs São Miguel e Recreio e nas associações de moradores dos bairros. Kellen destaca também os exames gratuitos, todos oferecidos pela Secretaria de Saúde e que são encaminhados pelo Cegonha no Ar. “Nós praticamente zeramos a mortalidade materno-infantil no município e muito se deve ao programa. Quando sabemos que alguma leonense está grávida, já a procuramos e, caso ela não conheça, apresentamos o Cegonha no Ar e falamos do nosso trabalho. Geralmente todas participam, independentemente de condições financeiras”, comenta a coordenadora do projeto.

Psicóloga, nutricionista, técnica de enfermagem, enfermeira, médica e uma artesã compõem a equipe que atende as gestantes no Cegonha. Além de todo o acompanhamento médico da gestação e do bebê em formação, as gestantes têm, no programa, a montagem do enxoval e fotos da gestação, que ficarão de recordação. Hoje, 36 gestantes participam do projeto. Após ganharem o bebê, as mães passam automaticamente para o programa Bem-me-quer, que dará o cuidado integral às crianças do nascimento até os dois anos de idade.
 

O prefeito Miguel Almeida, que participou do congresso, destacou a importância da manutenção desses programas de atenção à população. “O Cegonha no Ar, assim como os demais projetos da área social, são muito importantes para a nossa população e, por isso, nos comprometemos em mantê-los e aprimorá-los e estamos fazendo isso. No caso do Cegonha, o principal objetivo era reduzir a mortalidade materna e infantil e já conseguimos. O próximo passo é zerar”, destaca o prefeito.

Neste sentido, a secretária Melissa ressalta as trocas de experiências que eventos como esse propiciam: “nós conversamos com secretários de todo o Estado. Ficamos sabendo das dificuldades, muitas delas parecidas com as nossas. E nos atualizamos sobre programas estaduais e nacionais e também formas de buscar mais recursos para a saúde de Minas do Leão”. A enfermeira Simone Costa e a técnica de enfermagem Jociane Puchpon também participaram do Congresso Estadual das Secretarias Municipais de Saúde.


 

 

Leia Também
15/09/2017 - Educação e Cultura
COMEÇOU A SEMANA FARROUPILHA
15/09/2017 - Agricultura e Meio Ambiente
Inspetoria Veterinária começa a atender em Minas do Leão
veja mais notícias